Guia de Episódios Prólogo Primeiro Ato Segundo Ato Terceiro Ato Quarto Ato

Produção #V803 - Episódio 03
 


ESCRITO POR
TNovan


DIRIGIDO POR
Denise Byrd


PRODUZIDO POR
C
arol Stephens

IMAGENS DAS CENAS
Judi Mair


TRABALHO ARTÍSTICO
Lucia


GRÁFICO DO TÍTULO DO EPISÓDIO
Linda (Calli)

TRADUZIDO DO INGLÊS POR
Chris Burle


 

PRÓLOGO

 

FADE IN:

 

CENA EXT. CONVÉS DO NAVIO - DIA

 

Xena está encostada no parapeito do navio, sorrindo de orelha a orelha, enquanto Gabrielle observa a terra se aproximando cada vez mais.

 

XENA

Você está toda animada.

 

 

Gabrielle se controla um pouco e começa a negar, mas depois ela simplesmente balança a cabeça para cima e pra baixo, consentindo, e sorri.

 

GABRIELLE

'Tá, eu admito. Eu estou animada. Quer dizer,

qual é, Xena, não é TODO MUNDO que

recebe um convite para ir ver Safo.

 

Xena dá uma risada e esfrega as costas de sua parceira enquanto se vira para observar a terra se aproximando.

 

XENA

Eu não chamaria um pedido

de ajuda de um 'convite'.

 

GABRIELLE

Semântica. Você diz concha.

Eu digo ursa.

 

XENA

Certo.

 

GABRIELLE

Isso vai compensar totalmente o fato de ter

pedido o recital dela no meu aniversário.

 

XENA

Não foi culpa minha.

 

GABRIELLE

Você deveria ter verificado...

 

 

Xena ergue a mão e corta as palavras de Gabrielle.

 

XENA

Eu não preciso dessa repreensão de novo.

Além disso, eu lhe consegui o poema.

 

Gabrielle desliza para dentro dos braços de Xena.

 

GABRIELLE

Sim, você conseguiu. Obrigada.

 

Xena envolve seus braços em volta de Gabrielle e a beija no topo da cabeça.

 

XENA

Você já me agradeceu.

(pausa)

Inteiramente.

 

Gabrielle cutuca Xena nos quadris enquanto elas riem.

 

GABRIELLE

Seja boazinha.

 

 

Xena se inclina e sussurra no ouvido de Gabrielle.

 

XENA

Eu sempre sou boazinha.

 

Gabrielle estremece, se arrepiando com o que a respiração de Xena em seu ouvido causa. Xena dá uma risada e a abraça ainda mais forte.

 

GABRIELLE

Então, por que você acha

que ela quer nos ver?

 

XENA

Não tenho idéia. A carta que ela

mandou não dizia. Ela só pediu

que nós viéssemos ajudá-la.

 

GABRIELLE

Você a conheceu, certo?

 

XENA

Não.

 

GABRIELLE

Mas o poema...

 

XENA

Eu tive uma pequena ajuda de Afrodite naquilo.

Nós estávamos ocupadas com nossa pequena

amiga virgenzinha na época. Lembra?

 

 

GABRIELLE

Entendi.

 

Xena olha para Gabrielle e sorri.

 

XENA

Você está realmente animada, não está?

 

GABRIELLE

Sim! Xena, para uma barda... para uma pessoa

criativa, Safo é um exemplo do melhor. Nós

todas nos esforçamos em ser como ela.

 

Xena explode de rir, tanto que chega a dar um passo pra trás. Gabrielle vira o rosto para ela, com uma confusão claramente escrita em seu rosto.

 

GABRIELLE

(continua)

Que foi?

 

XENA

Vamos apenas dizer que vocês podem ser

mais parecidas do que você imagina.

 

GABRIELLE

O que você pretende dizer com isso?

 

 

XENA

Bem, vocês duas são escritoras e, digamos,

pelo que eu tenho ouvido falar sobre ela,

Safo tem preferências um tanto...

(pausa)

ecléticas em relação a suas 'companhias'.

 

Gabrielle parece confusa por um momento, depois a compreensão das palavras de Xena atingem seu objetivo.

 

GABRIELLE

Ah. 'Tá, entendi.

 

Xena simplesmente pisca o olho pra ela, depois continua a abraçá-la novamente.

 

XENA

Talvez, se tudo correr bem, nós podemos

passar alguns dias extras lá e tirar uma folga.

Nós andamos passando por coisas bem

difíceis estas últimas semanas.

 

GABRIELLE

Assim é a vida de um herói. Pessoas

a resgatar, vilarejos a salvar...

 

XENA

Eu não chamaria minha última aventura

de montar no lombo daquela vaca...

 

GABRIELLE

(cortando-a)

Nem me fala. Já foi repulsivo o suficiente.

Não precisa me lembrar.

 

XENA

Bem, eu não chamaria isso exatamente de heróico.

 

 

GABRIELLE

Ei, você salvou a vida daquele gado.

E aquele fazendeiro ficou tão agradecido

que lhe pagou com aquela adorável galinha.

 

XENA

Verdade, mas diminui algum valor de

tal gesto o fato de ter sido eu

quem a tinha afugentado.

 

GABRIELLE

É, mas foi bom. Já fazia muito

tempo que nós não tínhamos

um bom frango para jantar.

 

Acima delas, o Capitão do navio começa a dar ordens para a população se preparar para pôr o navio no estaleiro.

 

XENA

Venha, vamos pegar nossa bagagem.

 

FADE OUT.

 

FIM DO PRÓLOGO

 

PRIMEIRO ATO